Mercado de Trabalho

A informática está presente, hoje, em praticamente todas as áreas existentes no mercado. É impossível se pensar em uma empresa moderna, independentemente da área de atuação, que não utilize a Informática pelo menos como ferramenta de trabalho. Pelo fato de ser uma área tecnológica e extremamente dinâmica, a cada ano surgem novas subáreas nesse mercado de trabalho e fica muito difícil fazer uma previsão do que essas áreas exigirão desses profissionais daqui a dois ou três anos. Um exemplo disso é o mercado existente relacionado com a Internet, onde o trabalho vai desde projetos de páginas dinâmicas, integração com banco de dados até a criação de programas utilitários e Intranets.
Esse mercado existe no Brasil há menos de quatro anos e está em plena expansão. Outro exemplo é o recente uso da biologia computacional, que une genética e informática ou o desenvolvimento de aplicativos que integrem as telecomunicações (TV, telefone) com o computador. Atualmente, é cada vez maior o número de empresas comerciais de pequeno e médio porte que utilizam a informática no dia-a-dia e que necessitam de pessoal qualificado para desenvolvimento de aplicativos e consultoria.
Os campos de atuação mais evidentes na estrutura atual de mercado de trabalho são as empresas usuárias de sistemas informatizados, as empresas produtoras de softwares (software-houses), grupos administrativos, financeiros, comerciais, as empresas de consultoria e os centros de processamento de dados. É um mercado que está em plena expansão.

Com a sociedade da informação e seu mundo virtual, pode-se aumentar a atividade econômica sem a necessidade de grande volume de capital. A economia virtual é abundante, portanto, é natural que todos os setores da economia procurem automatizar seus processos e torná-los mais baratos e eficientes, fornecendo ganhos maiores, como precisão, qualidade e lucro.
Assim, é natural que todos os setores da economia necessitem e demandem sistemas computacionais, seja um banco, comércio, hospitais, indústrias, empresas de telecomunicações entre outros. E essa demanda gera a forte demanda por profissionais de computação em praticamente todos os segmentos de mercado.
Esses profissionais podem atuar em empresas públicas, privadas ou como autônomos, e em diferentes setores econômicos, incluindo os setores próprios da Ciência da Computação, como o de desenvolvimento de softwares, o mercado de games e o de publicadores de sites na Internet
Além disso, surgem continuamente novas empresas e produtos associados à Informática. E, para cada novo dispositivo/software,  surge uma nova demanda por profissionais qualificados.
As principais linhas de atuação dentro da área são: → Projetista de grandes sistemas de Informação;
 → Projetista de sistemas de apoio à decisão;
 → Projetista de sistemas de multimídia;
 → Consultor de empresas;
 → Assessor privado e político de assuntos ligados à Informação.

As oportunidades profissionais na área de Ciência da Computação são vastas: → Projetista de sistemas de aplicações comerciais;
 → Projetista de sistemas de aplicações científicas;
 → Projetista de sistemas inteligentes;
 → Analista de sistemas em empresas públicas ou privadas, de telecomunicações, computação, controles e na indústria eletro-eletrônica;
 → Gerente de grandes bancos de dados;
 → Gestor de aplicações na Internet, com sistemas de vendas eletrônicas;
 → Gestor de aplicações em computação gráfica e multimídia;
 → Consultor de empresas públicas e privadas ou de consumidores, para temas ligados a sistemas de informação.
REBEKA SUYANE – COM.DOMÍNIO DIGITAL
 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s