iMac 21,5” recebe Core i5 Sandy Bridge

nossa avaliação

prós Boa configuração; som excelente; tela de qualidade
contras Teclado muito básico; ausência de Blu-ray
conclusão Tudo-em-um bom em geral, mas ligeiramente mais caro que os concorrentes

ficha técnica

  • Intel Core i5 2400S 2,5 GHz
  • 4 GB
  • HD de 500 GB
  • ATI Radeon HD 6750M 512 MB
  • Wi-Fi n
  • Mac OS X Snow Leopard
  • Tela de 21,5″

O irmão menor do iMac de 27” não fica muito atrás em termos de configuração e é um pouco mais acessível, custando 3.999 reais. Excetuando a porta Thunderbolt na traseira e o leitor de cartão na lateral, o exterior desse tudo-em-um é idêntico ao da geração anterior. Já o interior é outra história. Na sua configuração mais básica, ele conta com um processador Sandy Bridge Intel Core i5 e com uma placa de vídeo ATI Radeon HD 6750M no rol das novidades, além dos 4 GB de RAM e 500 GB de HD de sempre.

Em conjunto com outros circuitos, o processador Core i5 2400S, de 2,5 GHz e overclock dinâmico que alcança até 3,3 GHz, permitiu ao desktop atingir boas marcas nos benchmarks usados no INFOlab. Foram 7.774 pontos no tradicional PCMark Vantage e 2.599 no mais recente PCMark 7, marcas muito próximas do iMac de 27” e que garantem a posição do iMac de 21,5” entre os tudo-em-um de melhor configuração.

Não menos importante, a GPU ATI Radeon HD 6750M mandou muito bem nos testes com seus 1.396 MB de memória (512 MB dedicados e 884 MB compartilhados). A máquina marcou 5.567 pontos no 3DMark Vantage, que é baseado no DirectX 10. Já o Unigine Heaven 2.1 e o 3D Mark 11, que utilizam o DirectX 11, deram ao iMac 276 e 1.335 pontos, respectivamente. Esses resultados foram confirmados quando executamos vídeos em 1080p sem nenhum problema.

No quesito conexões, essa máquina tem altos e baixos. Na traseira encontramos quatro USB 2.0, uma entrada e uma saída P2, uma FireWire 800, uma Ethernet e a porta Thunderbolt, que substituiu a mini DisplayPort. O nome da nova conexão não é sem razão: ela promete transferências de dados de até 10 Gbps. No entanto, no mundo real, ela sofre das mesmas limitações que a USB 3.0, ou seja, os HDs das máquinas envolvidas não acompanham a velocidade das conexões e reduzem as taxas finais de leitura e escrita. Outro problema é que ainda não existem periféricos que utilizem essa conexão no Brasil.

Por enquanto, o usuário provavelmente vai utilizar a Thunderbolt apenas para ligar o iMac a monitores que utilizam mini DisplayPort. Da mesma forma que a conexão anterior, é possível ligar adaptadores à Thunderbolt para compensar a ausência da HDMI.

Na lateral há duas fendas, uma para o novo leitor de cartão SDXC e outra para o drive óptico de DVD-RW. Apesar da inclusão do leitor de cartões merecer elogios, ainda é difícil aceitar a omissão da Appel quanto ao Blu-ray, que torna esse desktop inferior a outros tudo-em-um nas opções de entretenimento.

Mesmo sem introduzir nenhuma inovação no retângulo de alumínio da geração anterior, o design e o acabamento do iMac continuam irrepreensíveis. O display de LED, embora não impressione pelo tamanho, tem um ótimo desempenho e desliza suavemente sobre a base quando ajustamos sua posição.

Além dos alto-falantes, o iMac possui dois amplificadores de 17 watts que produzem um som potente e claro em todos os tons. Nos volumes mais altos, no entanto, há um pouco de distorção.

O teclado e o mouse (que pode ser trocado por um trackpad) se conectam ao iMac por Bluetooth. O teclado lembra um teclado de notebook, dispensando o numpad por mais portabilidade. Ele também pode confundir alguns usuários por utilizar o padrão americano. Já o mouse possui um botão que ocupa quase toda sua extensão e é capaz de distinguir entre clique direito e esquerdo. A superfície do mouse suporta comandos de toque, como o scroll, e o material que a encobre é muito confortável.

http://info.abril.com.br/reviews/hardware/desktops/imac-215.shtml

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s