LiveAndroid

Com a internet sendo acessada cada vez mais a partir de plataformas móveis – principalmente celulares – era questão de tempo até o gigante da rede se manifestar. O Android é o sistema operacional desenvolvido pelo Google – e mais 30 outras empresas de tecnologia móvel – para telefones celulares.

A principal diferença em relação aos seus concorrentes – Symbian e Windows Mobile – é que o Android é um projeto open-source. Assim, qualquer desenvolvedor pode alterar o sistema para seus fins, enquanto os sistemas concorrentes aceitam alterações significativas apenas dos fabricantes.

Até o momento, no Brasil não foram lançados telefones que utilizem o sistema, porém isso é questão de tempo. Cada vez mais fabricantes criam aparelhos para explorar as diversas possibilidades do Android, e em breve os primeiros modelos devem chegar ao país.

Tela principal do Android

Porém, até que isso aconteça de fato, desenvolvedores nacionais que desejem estar na linha de frente da tecnologia têm que lidar com um problema grave. Sem um aparelho rodando Android não é possível testar aplicativos desenvolvidos para o sistema.

O Grupo LiveAndroid desenvolveu uma maneira de instalar o Android em seu PC, para que você possa testar aplicativos, ou mesmo utilizar seu computador a partir do sistema da Google.

Splash do LiveAndroid

Apesar de desenvolvido para telefones celulares, o Android tem apresentado um funcionamento exepcional em notebooks e netbooks. Só que esses equipamentos normalmente vêm de fábrica equipados com sistemas operacionais Windows ou com distribuições mais conhecidas de Linux.

Rodar seu computador a partir do Android é, ainda, mais uma atividade de curiosos com o sistema ou de desenvolvedores que pretendem lançar produtos de software para o Android. Entretanto, Com a chegada de aparelhos rodando sob Android outras possibilidades devem se tornar válidas. E com o LiveAndroid você já estará à frente da maioria.

Menu principal do Android Navegador do Android

O download que você faz clicando ali em cima é uma imagem de disco ISO. Essa imagem pode ser usada de três formas para que você teste o Android.

A primeira forma é gravar essa imagem de disco em um CD, e inicializar seu computador a partir do disco ótico. Com isso, você estará transformando seu computador em um PC rodando inteiramente sob o Android. Aqui mesmo no Baixaki você encontra maneiras de gravar essa imagem de disco nesse tutorial e nestas respostas a dúvidas dos usuários.

A segunda possibilidade é criar um LiveUSB, usando programas como o UnetBootIN, e indicando a imagem ISO do Android como base para a criação do pendrive bootável.

A outra opção é criar uma máquina virtual, para utilizar o Android em paralelo ao seu Windows. Para criar a máquina virtual, você pode utilizar diversos programas, como o VirtualBox e o Microsoft Virtual PC.

 O primeiro passo para a criação da máquina que irá rodar o Android em seu PC é dizer para o seu aplicativo que você pretende usar esse sistema operacional. Para tanto, ao criar uma nova máquina do seu programa preferido, nomeie-a como “Android” e especifique o sistema como uma distribuição “Linux”, de versão “Linux 2.6”.

Continuando o processo, o programa perguntará a quantidade de memória que você pretende reservar ao Android. Nos testes feitos no Baixaki, 256 Mb foram suficientes para rodar o sistema com facilidade. Caso você sinta que a máquina virtual está lenta, sempre é possível aumentar essa quantidade nas configurações da mesma.

Definição do sistema android Criação da Máquina Virtual

No próximo passo o programa de virtualização irá pedir um disco rígido principal de Boot. Como você iré inicializar o sistema a partir da imagem de disco, desmarque essa opção. O programa irá retornar um aviso sobre a falta desse disco, mas basta clicar continuar e proceder com a instalação.

Aceite o resumo que o programa fornece, e na tela principal do software de virtualização selecione a máquina Android, abrindo suas configurações. Na seção Tela (ou Vídeo, dependendo do aplicativo que você estiver usando), selecione 8 Mb de memória de vídeo. Isso garante o processamento de imagens no mesmo padrão de um netbook simples.

Para selecionar a imagem ISO como o disco de boot do sistema, na seção CD/DVD-ROM habilite “Montar Drive de CD/DVD” e selecione “Arquivo de imagem ISO”.

Criação da Máquina Virtual

Depois escolha a imagem que você baixou e vá para a seção Sistema. Em “Ordem de Boot”, desabilite as caixas Disquete e Disco Rígido, mantendo apenas CD/DVD-ROM habilitada. Com isso, seus sistema irá sempre inicializar a partir da imagem de disco do Android. Clique em OK e mande executar a máquina virtual. Seja benvindo ao Android.

Criação da Máquina Virtual

A instalação é a básica, com apenas os aplicativos-padrão do sistema, mas salvo algum problema de configuração, assim que o sistema começa a rodar você pode se conectar através do Google Chrome presente no Android. Na rede, você encontra diversos outros aplicativos para instalar e testar.

Para utilizar o Android, os controles normalmente encontrados nos telefones são colocados no teclado, e o mouse faz às vezes de toques numa touchscreen. A tabela ao lado lista as chaves do teclado em relação às funções que elas desempenham. Vale lembrar que os telefones que usam Android costumam apresentar um teclado QWERTY, e portanto a escrita é normal.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s