Luminos, carro movido a energia solar, disputa desafio australiano

Estudantes da Universidade de Stanford mostraram ao público o seu novo carro movido a energia solar, o Luminos. O carro será será enviado à Austrália dentro de duas semanas para participar do World Solar Challenge (Desafio Mundial Solar), uma corrida de 3 mil quilômetros através do Outback australiano disputada apenas por carros movidos a energia solar.
O carro foi lançado oficialmente nesta sexta-feira, 12/07, em um evento especial realizado no Laboratório de Inovação Automotiva da Volkswagen (VAIL). O carro é parte do Stanford Solar Car Project e tem sido projetado e construído pelos estudantes no último ano em preparação para a grande corrida.
luminos2 435
Luminos tem uma estrutura que fica bem próxima ao solo e tem um corpo longo e curvo coberto de painéis que captam energia solar. O corpo cheio de curvas é a chave para a aerodinâmica e faz com que a resistência do vento seja metade da que é imposta a um ciclista quando em movimento. O motorista se senta no meio do veículo, praticamente numa concha, mas pode ver a estrada por um pequeno visor que fica no centro do carro.
luminos grande
Sua velocidade atinge 72 quilômetros por hora quando os painéis solares estão expostos ao máximo de luz solar e pode continuar andando por todo o dia, diz Max Praglin, engenheiro eletrônico que faz parte da equipe do Solar Car Project. As baterias do carro têm carga suficiente para levar o veículo por cerca de 200 a 320 quilômetros de distância se a luz solar não fornecer energia suficiente.
O World Solar Challenge começa em 6 de outubro, na cidade de Darwin, ao norte da Austrália e atraiu 47 times de 26 países. A corrida vai cobrir os 3 mil quilômetros até a cidade de Adelaide, na costa sul da Austrália, devendo acabar em 13 de outubro. A rota escolhida atravessa o interior do país, quente e árido, que deverá prover luz do sol suficiente para os carros mas que também vai colocar a prova sua resistência.
Luminos é o terceiro carro solar de Stanford a entrar na corrida. Os outros dois foram Apogee, que correu em 2009, e Zenith, que disputou a corrida em 2011. Para saber mais sobre o projeto visite do site http://solarcar.stanford.edu/blog/
Via: IDG Now
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s