Dica: saiba como identificar os sons de um PC "doente"

Você já ouviu seu PC recentemente? Prestou bastante atenção aos sons que ele faz? Com sorte ele não deve ter muito a dizer. Mas se por acaso ele estala, apita, assobia, ou soa como um helicóptero tentando decolar, são boas as chances de que ele esteja com algum problema. Neste artigo compilamos alguns dos sons com os quais você deve se preocupar: clique nos links ao longo do texto para aprender qual o som de um ventilador com problemas, ou de um HD prestes a pifar.

O clique da morte

O primeiro som vem de uma coleção publicamente disponível de sons produzidos por HDs com defeito compilada pela DataCent, uma empresa especializada na recuperação de discos rígidos baseada em Ontario, no Canadá. Como exemplo, este é o som de um HD da Western Digital com problema nas cabeças de leitura/gravação de dados:

Com a maior popularidade dos discos de estado sólido, HDs “barulhentos” estão se tornando um problema menos comum. Mas esta forma de armazenar nossos “bens” digitais mais preciosos ainda estará entre nós por anos.
Sempre que você acessa ou salva uma informação em um HD, os “pratos” dentro dele giram a velocidades absurdas, entre 5.600 a 10.000 revoluções por minuto, e uma minúscula cabeça magnética percorre sua superfície em busca dos dados. É um mecanismo incrivelmente delicado, e há vários fatores que podem fazer com que as coisas saiam de alinhamento. 
Portanto, sempre que você ouvir “cliques”, como acima, ou ruídos anormais vindos do HD, deve se preocupar. A cabeça responsável pela leitura e gravação de informações pode estar com problemas, e o disco à beira da morte. Faça um backup imediato de seus dados, e vá à sua loja favorita procurar um novo.
Marimbondos no ventilador
O “sopro” constante que muitas pessoas associam como sendo o som típico de um PC vem dos ventiladores do gabinete e do processador. Considere este som como música para seus ouvidos, porque estes componentes ajudam seu PC a se manter em uma temperatura adequada para o funcionamento retirando o ar quente de componentes vitais. Se o computador superaquecer, você poderá dizer adeus à estabilidade.
As BIOS modernas são capazes de regular a velocidade de rotação dos ventiladores para se adaptar a mudanças na temperatura. Se o seu PC está “trabalhando duro” em uma tarefa, como conversão de vídeo ou um jogo, ele pode precisar de mais ar para se manter na temperatura adequada, o que resulta em mais ruído vindo dos ventiladores. Não se preocupe, pois este ruído é passageiro. Mas se os ventiladores funcionam continuamente a todo o vapor e fazem tanto barulho quanto um furacão de categoria 5, é hora de investigar.

sonspc_ventilador-435px.jpg
Alguns ventiladores, como este modelo da Antec, tem
chaves para controlar a velocidade de rotação (no destaque)

Muitos ventiladores tem chaves que permitem alterar sua velocidade em tempo real, às vezes integradas ao próprio corpo ou ao cabo que os liga à placa-mãe. Mudar a posição da chave para uma rotação mais baixa vai passar menos ar através do sistema, mas também consumirá menos energia e fará menos barulho.
Outra opção é instalar software capaz de controlar a velocidade dos ventiladores, como o SpeedFan. Este utilitário assume o controle deles e regula quando devem rodar na velocidade máxima e quando devem ser mais lentos. Também dê uma olhada na tela de configuração da BIOS da máquina, onde geralmente há opções para definir a velocidade dos ventiladores manualmente.
Se você ouve um “zumbido” estridente que parece um bando de marimbondos raivosos, como abaixo, é provável que novamente o ventilador seja o culpado:

Nesse caso abra o gabinete, olhe ao redor dos ventiladores e veja se não há um fio solto que esteja entrando em contato com as lâminas do ventilador. Este é um problema fácil de resolver, mas o som pode dar um belo susto em qualquer usuário de PC.
Discos “do barulho”
Os discos ópticos estão virando “tecnologia do passado”, mas muitos PCs ainda tem algum tipo de leitor ou gravador de CDs ou DVDs. É comum um drive óptico fazer um barulho quando lê ou grava o disco, já que ele gira em alta velocidade como os pratos dos HDs. Este é o som de um drive óptico saudável:

É fácil esquecer um disco dentro do drive, o que pode fazer com que faça barulho quando o PC liga ou em momentos “aleatórios” quando um programa tenta acessar o drive. Se o seu drive óptico faz barulho com frequência, abra a bandeja e veja se não há um disco lá dentro.
Um drive vazio não tem o que girar, e não deve fazer nenhum barulho. Se ainda faz você talvez tenha um drive óptico defeituoso, provavelmente com uma peça quebrada ou solta.
“Bipes” da BIOS
A BIOS de um PC tem sua própria forma de se comunicar com os usuários, na forma de sequências de “bipes” que representam certos erros. Um único bipe curto sempre que o PC é ligado é normal, e significa que a máquina passou pelo POST (uma série de testes realizados sempre que é ligada) e tudo está bem. Mas um PC que emite bipes extras, está tentando te dizer alguma coisa. Neste exemplo, a máquina está reclamando de que não há memória na placa-mãe:

Outras combinações de bipes podem indicar problemas com a alimentação, pentes de memória com defeito, um componente mal encaixado ou até mesmo uma placa-mãe praticamente “morta”. É importante traduzir os bipes corretamente antes de agir, já cada fabricante tem seu próprio conjunto de códigos e significados. Consulte o manual de seu PC ou da placa-mãe: se você não tiver eles à mão, provavelmente poderá encontrá-los na internet procurando no Google pelo nome ou modelo da máquina ou placa seguido da palavra “manual”.
Alto-falantes
Alto-falantes podem fazer barulhos assustadores quando menos se espera. Se você ouve um “estalo” alto vindo deles sempre que liga ou desliga o PC, não se preocupe: sua máquina provavelmente tem alto-falantes amplificados, e eles fazem esse barulho sempre que começam (ou deixam de) receber energia.
Se o plugue do alto-falante não estiver inteiramente inserido no conector, você pode ouvir ruído e zumbidos, como uma rádio fora do ar. Este é um exemplo:

Se esse é o problema, verifique os cabos que ligam os alto-falantes ao PC e certifique-se de que todos estão inseridos corretamente.
Outro problema é interferência: se você ouve “vozes” baixinhas vindas dos alto-falantes, especialmente quando o volume está mais alto e não há nenhum som sendo reproduzido pelo PC, não se preocupe: provavelmente eles estão captando alguma transmissão de rádio da vizinhança. Pode ser uma rádio AM comercial com um transmissor mais potente, ou uma rádio “pirata” de seu bairro. Uma solução é encurtar os fios que ligam os alto-falantes ao PC, se possível. Se não resolver, você pode tentar passar os cabos por um anel de ferrite. Quatro ou cinco voltas com o cabo pelo anel devem resolver.
Um PC quieto é um PC feliz
A boa notícia é que os PCs modernos tem poucas partes móveis, então há poucos componentes que podem estar causando ruídos estranhos. E com um pouquinho de investigação você geralmente poderá identificar o culpado e pensar em uma solução rapidamente. E da próxima vez que seu PC começar a fazer ruídos estranhos, fique atento! Pode ser um pedido de socorro.
Via: IDGNow

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s