SATA 3.2 apresenta várias melhorias para o uso de SSDs

O SATA 3.2 tem aprimoramentos nas áreas de consumo de energia com o DevSleep, que permite que os SSDs entrem num estado de baixíssimo consumo de energia, retomando a atividade rapidamente quando necessário. Há suporte a microSSD, útil em sistemas embarcados com chips mais simples.
O maior destaque mesmo fica por conta do SATA Express, que permite usar um conector SATA via intercace PCI Express. Com isso a velocidade atingida seria de até 16 Gb/s (2 GB/s).
Exemplo da ideia do Sata Express
Destaca-se ainda o suporte ao formato M.2, mais compacto, ideal para Ultrabooks e aparelhos mais leves.
Muitos fabricantes vêm adotando o barramento PCI Express para conexão com dispositivos de dados de alta velocidade, como a Apple e a Sony. A padronização do SATA 3.2 sobre PCI Express viabilizará o uso da tecnologia em mais PCs, assim que for disponibilizada comercialmente.
Deve demorar vários meses até que a tecnologia chegue aos usuários, visto que as especificações foram finalizadas recentemente. Os conectores serão compatíveis com os padrões antigos, mas naturalmente apenas os aparelhos projetados para uso do padrão SATA 3.2 poderão se beneficiar das melhorias na velocidade e nas tecnologias envolvidas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s