Chame a NSA: veja como é fácil entrar no ‘radar’ da agência.

   
Se por acaso você tem a estranha vontade de que a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA), responsável pela espionagem das comunicações de milhões de pessoas, tenha conhecimento da sua humilde existência, existe uma maneira bem simples de fazer isso: apertar um botão no site “Summon the NSA” (traduzido livremente como “Chame a NSA“).
Com apenas um clique, você irá para uma página de busca do Google que inclui uma série de palavras-chave aleatórias que fazem parte da lista negra da NSA. Muito provavelmente, as tais palavras pesquisadas têm a ver com terrorismo, o que deve chamar a atenção imediata dos homens de terno escuro.
“Essas pesquisas vão levar a polícia e o FBI até a sua casa, porque, assim como todos os que vivem na América hoje, todas as suas transações digitais estão sendo monitoradas”, afirma o site. É difícil saber se isso é uma garantia ou uma ameaça.
De qualquer forma, o botão leva a uma pesquisa gigantesca envolvendo coisas como arma química, malwares, armas convencionais, Taliban, ataque suicida e assim por diante – assuntos que com certeza chamam a atenção do programa de espionagem do governo norte-americano. E aí, vai apertar?
Depois de descobrir que, além de espionar as conversas das pessoas escolhidas pelo sistema do governo norte-americano, o programa também era utilizado pelos funcionários da NSA mais ciumentos para vigiar as conversas de seus amantes, não duvidamos de muita coisa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s