Bill Gates admite que “Ctrl+Alt+Del” foi um erro e põe a culpa na IBM

Décadas depois de criar o comando usado para reiniciar máquinas ou parar a execucão de um programa, co-fundador da Microsoft reconhece que ele não deveria exigir o uso de três dedos

Em entrevista para uma campanha de arrecadação de fundos da Universidade de Harvard, Bill Gates,  co-fundador da Microsoft, reconheceu que a criação do atalho “Ctrl+Alt+Del”, exigindo o uso de três dedos para apertar a difícil combinação de teclas, foi um erro.

Segundo Gates, o comando _usado hoje para reinicializar, parar a execucão de programas, e ainda dar acesso ao Gerenciador de Tarefas do Windows _  foi feito para garantir que outros aplicativos não pudessem fingir o login no computador e roubar senhas.
Em configurações mais antigas dos sistemas operacionais da Microsof,  o “Ctrl+Alt+Del”  de fato chegou a ser usado para garantir o logon seguro. Mas, ironicamente, a combinação foi  originalmente usada como um atalho que permitia reiniciar antigos computadores, segundo Gates.
“Nós poderíamos ter tido um único botão, mas o cara que fez o design do teclado IBM não quis nos dar o nosso único botão”, disse Gates. O cara em questão é David Bradley, na época funcionário da IBM responsável pelo projeto do IBM PC original, de acordo com a Mental Floss.
Confira a entrevista de Gates (em inglês):
Via: IDGNow

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s