"GTA V" é tão violento quanto TV e cinema, defendem atores do game

Conhecido por ser um game bastante realista sobre o mundo do crime, “Grand Theft Auto V” já foi acusado por muitas pessoas de ser violento demais.
“A hipocrisia me deixa louco”, afirma o ator Steven Ogg, que interpreta o personagem ultra-violento Trevor Philips no recém-lançado game da Rockstar, já disponível no Brasil para Xbox 360 e PlayStation 3.
stevenogggtav.jpg
Steven Ogg interpreta o personagem Trevor (foto abaixo) em “GTA V”
“Isso apenas coloca o foco errado sobre as coisas. Por que não falar sobre o controle de armas (nos EUA)? Por que não falar sobre o papel dos pais? Por que não falar sobre a falta de valores familiares? Existem tantas outras coisas para se falar. Olhe para o que está na TV. Breaking Bad (seriado) teve um episódio em que Giancarlo teve seu rosto explodido pela metade. Há muita coisa intensa sendo mostrada por aí. Os videogames são apenas um bode expiatório fácil”, diz Philips.
trevorgtav.jpg
Trevor é um dos personagens mais violentos do novo game da Rockstar
Mais de 145 milhões de norte-americanos com idades entre 10 e 65 anos jogam videogame atualmente. Com essa audiência enorme, as chances são muito boas de quando alguma coisa ruim acontece na sociedade, o suspeito provavelmente jogava videogames, assim como ele assistia a filmes, TV e bebia suco de laranja. Até mesmo pessoas com um estilo de vida violento encontram um escape em jogar um título como “GTA V”.
“Conheço algumas pessoas que vivem esse estilo de vida violento e quando jogam GTA podem se relacionar com o jogo”, afirmou Shawn Fonteno, ex-membro de gangue e responsável pelo personagem Franklin Clinton em “GTA V”.
“Tem um impacto ao ponto que eles ficam felizes de que podem apenas fazer essas coisas no game e não precisam aliviar isso na vida real. E essa é a grande chave com isso. É apenas um videogame”, aponta Clinton.
A violência é uma razão importante para que muitos games de tiro e ação sejam populares, assim como Hollywood glorificou armas e lutas em seus filmes desde o início. Os games oferecem um escape da vida cotidiana.
“Game não glamouriza a violência”
“Qualquer um que tenha qualquer conceito sobre games e nunca jogou esses títulos devia jogá-los antes de abrir a boca”, afirma o ator Ned Luke, que interpreta o personagem Michael de Santa em “GTA V”.
“O maior erro de pensamento é que o game glamouriza a violência. Realmente não faz isso. Se você olhar para o meu personagem, Michael, ele é rico, mas é um homem miserável. Mesmo nos comerciais você vê isso. Esse é um cara que está se debatendo com as decisões na sua vida.”
Via: IDGNow
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s