Em vez de console, PlayStation 5 pode ser apenas um serviço

PlayStation
Em vez de um console, o PlayStation 5 pode ser apenas um serviço. É nisso que acredita Katsuhiro Harada, criador da série de games Tekken, de acordo com a revista Famitsu. Ele diz que a empresa deixará de investir em hardware para apostar em algo mais abstrato e abrangente, como a computação em nuvem.
“Eu acho que no futuro as coisas estarão no serviço, e não no hardware. A computação em nuvem é muitas vezes mencionada, e se ela progredir, algum dia chegará o tempo em que apenas o nome do serviço permanecerá”, declarou o executivo.
Harada afirma que se essa tendência realmente ganhar força no futuro, é provável que a Sony ofereça apenas uma plataforma, em vez de um console propriamente dito. O PlayStation 5 então seria um serviço, como hoje é o Steam – apesar da empresa ter apresentado um console próprio recentemente.
“O PS5 provavelmente não terá um console principal, mas apenas uma tela e controle. Então o que resta será apenas o nome do serviço. Ele poderia ser chamado apenas de “PlayStation Network”. O Steam é uma plataforma estabelecida, mas não é um hardware. É o nome do serviço”, disse.
Harada não está sozinho em sua previsão. O próprio presidente da Sony Studios, Shuhei Yoshida, comentou recentemente que gostaria de ver games do PlayStation em qualquer tipo de dispositivo, indicando um possível investimento no setor de computação em nuvem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s