Banda larga puxa investimentos em telecom no Brasil, diz ministro interino

Durante abertura de Futurecom 2013, Genildo Lins, que está substituindo Paulo Bernardo, no Ministério das Comunicações, disse que regime especial do PNBL,já recebeu propostas de investimentos no valor de R$ 13 bilhões.
  
Em seu discurso na da 15ª edição do Futurecom, ontem à noite, no Rio de Janeiro, o ministro interino das Comunicações, Genildo Lins, destacou três fatos positivos do setor. Além da implantação do 4G no Brasil, que, segundo ele, ganhará um novo impulso com o andamento do cronograma do leilão da faixa de 700 Mhz, citou o estímulo à produção de conteúdos nacionais, e o regime especial do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), que já recebeu propostas de investimentos no valor de R$ 13 bilhões.
 cerimônia de abertura
De acordo com Lins, há previsão de investimentos de mais R$ 22 bilhões ainda este ano, o que representa pelo menos R$ 3,5 bilhões de renúncia de receita federal para ser diretamente investido pelo setor.  “Diante desse cenário, o governo tem certeza de que o setor estará bastante aquecido para fazer jus aos investimentos que a sociedade brasileira necessita para que ela esteja mais digitalmente incluída”, afirmou.
 cada vez
Lins ressaltou também o que foi imposto pelas recentes denúncias de espionagem americana contra órgãos e autoridades brasileiras. “Precisamos dar uma resposta para isso e o governo brasileiro o está fazendo”, afirmou.
Via: computerworld grande desafio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s