Testamos o Supaboy, um Super Nintendo para você usar na rua


O Super Nintendo está para sempre no coração de quem cresceu acompanhando a evolução dos videogames. Muitos guardam com carinho seus consoles, que às vezes já não funcionam mais, e cartuchos, apenas pela nostalgia. Para ressuscitar estes jogos, está chegando ao Brasil o Supaboy, um Super Nintendo portátil não-oficial, que o Olhar Digital teve a oportunidade de testar durante a Brasil Game Show.


O Supaboy não é só um emulador. Ele é O emulador de Super Nintendo, que aceita os cartuchos que você tem guardados na sua casa. Isso mesmo, você pode resgatar a nostalgia de assoprar suas fitas e encaixá-las no console e, quando quiser trocar de game, basta retirá-lo do encaixe e colocar outro no lugar. Ele possui uma telinha de LCD de 3,5 polegadas, onde o jogo é mostrado.

Reprodução

Claro, ele não é o modo mais prático de se emular jogos de SNES enquanto você está na rua. Qualquer celular com Android é capaz de emular por meio de software o popular console da Nintendo com alguma qualidade, mas mesmo assim ele certamente terá muito apelo com os nostálgicos, já que o Supaboy oferece uma experiência mais próxima do videogame de verdade.

A presença de botões físicos na disposição exata do controle original da Nintendo é um fator realmente interessante, que recria com exatidão a sensação que tantos viveram durante os anos 1990. É uma vantagem grande em relação aos botões na tela do Android ou o teclado do PC.

Como necessita do cartucho, o Supaboy é bem gordinho. Pessoas com mãos pequenas poderão ter problemas para segurá-lo com maior precisão. Ele também é um pouco pesado, mas fica mais ou menos na mesma faixa de peso que um 3DS ou um PS Vita.

Reprodução

Vale a pena? Provavelmente não para a maioria, que deve preferir emular jogos por software no celular ou tablet ou rodá-los no PC. A proposta do Supaboy é atingir um nicho extremamente limitado, das pessoas que guardam seus cartuchos de Super Nintendo e este público pode se interessar. Por cerca de R$ 450, ele também não tem um preço muito bom pela sua funcionalidade.

Pegar em um aparelho destes, no entanto, foi uma viagem no tempo das mais agradáveis. Ele também tem a alternativa de substituir o console como um todo, com dois slots para encaixe dos controles originais do Super Nintendo, mas falta uma saída HDMI para que ele seja realmente completo.

Durante nossos breves testes, não experimentamos problemas de compatibilidade, nem de controles. Contudo, relatos na internet apontam que nem todos os jogos rodam de forma lisa no dispositivo, então talvez este seja um item a considerar caso você seja um interessado no aparelho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s