Especial: saiba o que há por dentro do novo sistema Android 4.4 “KitKat”

Graças aos deuses finalmente podemos colocar um fim aos rumores e especulação, já que a Google anunciou na última quinta-feira a versão 4.4 do Android, de codinome “KitKat”. O sistema fará sua estréia junto com o smartphone Nexus 5, que chega às lojas nos EUA por US$ 349.
Não estávamos esperando uma atualização das grandes, mas alguns dos recursos anunciados para o KitKat, como as mudanças na interface e a integração de mensagens SMS no app Hangouts, estavam em nossa lista de desejos. Outros recursos, como a otimização do sistema para que rode melhor em smartphones de baixo custo com hardware mais modesto, simplesmente nos lembram de que a Google ainda está lutando com todas as questões que levam à fragmentação da plataforma.
Vamos dar uma olhada em alguns dos principais recursos do KitKat e mostrar o que você pode esperar quando colocar as mãos no sistema. Quando isso irá acontecer é outra história já que, como sabemos, atualizações do Android podem demorar um longo tempo até que cheguem às mãos dos usuários.
Um discador melhor
Você não esperaria que um discador remodelado fosse um recurso de destaque, mas é. Na nova interface você pode digitar apenas as primeiras letras do nome da pessoa ou empresa para quem quer ligar, e o discador imediatamente mostra os resultados. Não é mais necessário entrar no app Contatos para acessar estas informações essenciais. 
Se esse recurso soa familiar é porque alguns fabricantes já o oferecem nos discadores de suas próprias versões do Android. É o caso da interface TouchWiz nos aparelhos da Samsung, por exemplo. Então talvez a maior notícia aqui não é que a Google reformou o discador, mas que ela está olhando para o que outras empresas estão fazendo para dar aos usuários o que eles querem.
kitkat_callerid-580px.jpg
O KitKat usa buscas na internet para identificar chamadas de números que não estão na sua agenda

O KitKat também tem uma nova forma de identificação de chamadas (Caller ID), que procura por números desconhecidos (ou seja, que não estão em sua lista de contatos) entre as empresas locais listadas no Google Maps, e mostra o nome e imagem associados se encontrar uma correspondência. 
Uma interface mais refinada
O Android puro não precisa ser sem graça. O KitKat tem uma interface ligeiramente redesenhada, com melhor uso do espaço na tela por aplicativos como o Google Music e Google Books, capazes de aproveitar o recurso de tela cheia que oculta as barras de menu e botões. E a nova barra de navegação é translúcida, o que significa que ela não cobre mais parte do papel de parede. O sistema também tem uma versão condensada da fonte Roboto, com melhor legibilidade.
kitkat_navbar-580px.jpg
A barra de status no topo da tela agora é translúcida

Infelizmente estas mudanças na interface não serão necessariamente visíveis em aparelhos que não pertençam à família Nexus, ou seja, praticamente todo o universo de hardware Android. Não está claro se elas irão afetar interfaces como a Sense, da HTC, ou a TouchWiz, da Samsung, mas não esperamos grande influência. Os fabricantes continuarão a promover suas próprias interfaces, o que no caso da Samsung significa ícones bregas e um excesso de azul.
OK, Google!
A forma como você acessa o Google Now varia de aparelho para aparelho. Em alguns é necessário segurar o botão Home, em outros deslizar o dedo do rodapé para o centro da tela. Esperando simplificar as coisas a Google colocou o Google Now em destaque na tela inicial, Agora basta deslizar o dedo da esquerda para a direita da tela para acessar rapidamente este útil serviço.
kitkat_googlenow-580px.jpg
O acesso ao Google Now! ficará mais fácil

O sistema também permite que você abra o Google Now simplesmente dizendo “OK Google” na tela inicial. Funciona mais ou menos como no Moto X, embora de forma menos direta (no aparelho da Motorola, o comando funciona em qualquer lugar do sistema). Infelizmente no momento este recurso está limitado ao Nexus 5, então mesmo que seu aparelho seja atualizado para o KitKat, pode ficar de fora.
O Google Now agora permite exibir informações de apps nos resultados das buscas. Imagine que você está procurando por um restaurante específico: você poderá ver não só os resultados comuns de uma busca no Google, como também uma opção para fazer uma reserva usando um app como o OpenTable. Esta integração tem de ser suportada por cada app, mas sugere uma interessante expansão nos recursos do assistente digital da Google.
kitkat_busca-580px.jpg
Além da internet, o Google Now! agora também busca no conteúdo de apps

De fato, ao facilitar o acesso ao Google Now a Google espera que fabricantes como a Samsung não sejam mais capazes de escondê-lo atrás de seus serviços proprietários (num Galaxy S4, por exemplo, o atalho padrão para o Google Now chama o S-Voice). A empresa quer que você use o Google Now para todas as suas pesquisas, não importa o que esteja procurando.
Hangouts
Finalmente! Há alguns dias a Google atualizou o app Hangouts para permitir que você envie mensagens SMS, MMS e inicie conversas (Hangouts) em um mesmo app. É a coisa certa a fazer, mas a Google só está correndo atrás dos concorrentes: a Apple incluiu um recurso similar no iOS 6 há mais de um ano atrás. Segundo um post no blog oficial da Google a intenção da empresa ao combinar as três formas de comunicação era aumentar a conveniência para o usuário.
kitkat_hangouts-580px.jpg
Hangouts e SMS em um só lugar, finalmente!

Melhor desempenho em hardware modesto
Os mais sofisticados smartphones Android são verdadeiros monstros com processadores quad-core e gigabytes de memória RAM, mas também são caros. Há um grande mercado para aparelhos de baixo custo, especialmente em países em desenvolvimento, mas um preço menor significa também um hardware mais modesto, que às vezes não é o suficiente para rodar o sistema com desenvoltura.
A Google entende a situação, e introduziu uma forma de permitir que os fabricantes tirem proveito de todos os recursos da versão mais recente do Android sem a típica lentidão que assombra o hardware dos aparelhos mais antigos ou modestos. 
O esforço tem o codinome de Project Svelte (algo como “projeto esbelto”) e tem como objetivo fazer com que o KitKat rode suavemente mesmo em aparelhos com apenas 512 MB de RAM. Como resultado alguns componentes do sistema, como o navegador Chrome, consomem até 16% menos memória do que na versão anterior do Android (a “Jelly Bean”), e os desenvolvedores podem desabilitar recursos que consumam mais memória do que o necessário.
Isto pode ajudar os desenvolvedores a criar apps que funcionem melhor em aparelhos mais modestos, mas não significa necessariamente que os smartphones mais antigos serão capazes de rodar o KitKat. Nem mesmo o Galaxy Nexus será atualizado, e o aparelho acabou de completar dois anos de vida. Entretanto, as mudanças internas devem ajudar a geração atual de dispositivos a rodar melhor, entre eles aparelhos como o Nexus 4 e o primeiro modelo do Nexus 7. Isto significa uma experiência melhor para seus usuários.
Por debaixo dos panos
Você pode não ver imediatamente os benefícios dos recursos a seguir, já que são algo que os desenvolvedores terão de integrar a seus aplicativos. 
Se você anda até o trabalho todo dia, pode gostar de saber que o sistema incorpora um contador de passos com baixo consumo de energia, que permite contar quantos passos o usuário dá em um dia sem que a tela precise estar ligada. Isso pode levar a uma nova geração de aplicativos de fitness com menor consumo de bateria. O desenvolvedores também podem tirar proveito de um sistema que exibe legendas para uma variedade de conteúdo em todo o sistema, o que é útil para quem tem problemas de audição, ou simplesmente quer assistir um vídeo sem incomodar quem está por perto e não tem um fone de ouvido à mão.
kitkat_pedometro-580px.jpg
O novo contador de passos deve ser útil para aplicativos de fitness como o Runtastic

O Android 4.4 também tem melhor suporte à impressão, incluindo suporte nativo a impressoras conectadas via Google Cloud Print e HP ePrint. Também é possível procurar impressoras disponíveis, mudar a configuração do papel e escolher que páginas a imprimir direto no smartphone.
Via: IDGNow

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s