Extensões maliciosas do Chrome modificam boletos on-line, diz Kaspersky

skype-to-go

A Kaspersky Lab identificou que algumas extensões maliciosas para o Chrome estão sendo disseminadas na web com o objetivo de alterar os boletos gerados on-line. De acordo com as empresas, os crackers responsáveis pelo golpe são brasileiros.

Uma vez com a máquina infectada, a vítima tem o boleto alterado e o valor do pagamento vai parar em uma conta bancária de cibercriminosos em vez de ir para o destinatário legítimo.

As extensões identificadas estavam hospedadas na loja oficial do navegador do Google, a Chrome Web Store, disfarçadas como bônus de 100 minutos para usuários do serviço Skype to Go.

Ao ser instalada, a extensão solicita a permissão para acessar todo o conteúdo exibido em todas abas abertas no navegador e usará o nome “Skype To Go” para enganar a vítima.

Foram encontradas 3 versões diferentes da ameaça. Depois de instalada, ela monitora todo o conteúdo exibido nas abas, buscando por termos como “boleto” e alterando os números da linha digitável.

A extensão está programada para se comunicar com um servidor de comando e controle (C&C), de onde o cibercriminoso enviará a nova linha digitável que será inserida no boleto, no mesmo momento em que é gerado no navegador. A extensão ainda invalida o código de barras do boleto original, porém não altera o seu valor.

O Google foi alertado e removeu as extensões depois de 24 horas. Mas isso não significa que novas ameaças não possam aparecer novamente, diz a empresa de segurança.

Se você é usuário do Google Chrome não instale qualquer extensão, mesmo que ela esteja na loja oficial. Verifique as permissões solicitadas antes de instalá-la e negue caso solicite acesso a todos os seus dados, em todos os sites que você visitar.

Fonte: IDGNow

Anúncios

Pai encontra imagem do filho morto no Google Maps

 
É muito difícil lidar com a morte de uma pessoa que amamos e muito pior quando essa foi morta de uma maneira injusta.
Estava lendo alguns blogs quando me deparei com uma postagem falando a respeito de uma foto do Google Maps que mostrava o registro da cena de um crime, sendo este do jovem Kevin Barrera que foi assassinado aos 14 anos em 2009 na cidade de Richmond, Califórnia.
“Ao ver a imagem, tive a sensação de que tudo aconteceu ontem”, disse o Sr. Barreras, pai do jovem assassinado, à uma emissora de televisão americana.
Morto a tiros, o adolescente foi encontrado no dia 14 de agosto daquele ano próximo a trilhos de trem. De acordo com a CNN, o assassino de Kevin nunca foi encontrado.
“O Google nunca antes acelerou a substituição de imagens de satélite. Mas, por conta das circunstâncias, decidimos abrir uma exceção”, informou McClendon em comunicado oficial enviado a imprensa. Inconformado, o pai questionou objetivo do serviço. “Qual o ponto de mostrar essa foto para as pessoas?”, indagou o Sr.Barreras em entrevista a CNN.
Estou tentando absorver essa informação, pois no começo achei que fosse uma pegadinha de mal gosto, porém a imagem realmente pode ser vista no mapa e dá para ver uma viatura, o corpo do rapaz perto do trilho e algumas pessoas curiosas.
Espero que um dia esse pai encontre conforto para encarar a vida sem o filho e que o Google tome mais cuidado com as imagens registradas em seu mapa.

Fundador do Google ensina como abandonar seu iPhone e ir para o Android

Se você está migrando do iOS para um dispositivo Android, vale a pena checar as dicas que um dos fundadores do Google, Eric Schmidt, publicou em sua página pessoal do Google+. Em uma postagem nesta segunda-feira, dia 25, o executivo aumenta as suas táticas para convencer os consumidores a fazerem a troca.

Co-fundador do Google, Eric Schmidt, postou no Google+ benefícios e dicas de como transferir seus arquivos e contatos do iPhone para Android (Foto: Reprodução/The Guardian)
Co-fundador do Google, Eric Schmidt, postou no Google+ benefícios e dicas de como transferir seus arquivos e contatos do iPhone para Android (Foto: Reprodução/The Guardian)

“Como as pessoas que migraram de PCs para Macs e não mudaram de volta, você vai mudar de iPhone para o Android e nunca mais vai voltar. Ele apresenta a facilidade de guardar em nuvem e tantas outras opções para você”, explica Schmidt, que já fez parte do conselho da Apple entre 2006 e 2009, mas decidiu sair pela crescente concorrência com o Google. A principal dica publicada é sobre a importação de contatos do iCloud para o Gmail, que segue o seguinte passo a passo:

Passo 1. Atualizar o iPhone para o iOS 7.

Passo 2. Fazer o backup dos contatos no iCloud.

Passo 3. Ativar a sincronização de contatos no Gmail.

A partir daí, segundo Schmidt, você já poderá ver seus contatos no Android. Se o procedimento não funcionar, entretanto, você pode tentar por meio de um microSD, algo que você pode aprender melhor lendo este tutorial.

No geral, o executivo não trouxe novidades, mas é interessante notar esse tipo de informação em seu perfil na rede social da companhia. Afinal, se você quiser realmente comprar um Android no Natal e deixar o iPhone de lado, vai precisar de uma ajuda extra para transferir seus dados de um smartphone para outro.

O executivo também faz questão de apontar a dominância de 80% do Android no mundo. Ele só não se pronunciou sobre a falta de atualização dos dispositivos com o sistema. Apesar da maioria dos aparelhos já rodarem Jelly Bean, ainda há mais da metade dos usuários presos em versões antigas.

 

Via: techtudo

Amazon lança loja de aplicativos Android no Brasil para concorrer com Google

A Amazon anunciou nesta quinta-feira, 21/11, o lançamento da sua loja de aplicativos no Brasil. Agora, os clientes brasileiros poderão comprar apps Android pela Amazon Appstore pagando em reais. A chegada da loja significa um rival de peso para a Google Play, da gigante de buscas.

Com aplicativos para smartphones e tablets Android, a Amazon Appstore  pode ser acessada diretamente pelo dispositivo móvel com sistema do Google ou por meio do site oficial em computadores (www.amazon.com.br/appstore). Segundo a empresa, a maioria dos aplicativos disponíveis na loja podem ser usados em mais de um aparelho Android.

Entre as opções oferecidas neste lançamento estão aplicativos conhecidos como Facebook e Twitter, games consagrados como Candy Crush Saga e Angry Birds, e ainda apps brasileiros, a exemplo do Banco do Brasil e jogos da Coquetel. A lista ainda inclui app do Netflix e títulos da produtora Gameloft.

Além disso, uma sessão chamada App Grátis do Dia permite que os usuários baixem gratuitamente um aplicativo chamado premium (que é pago normalmente). Nesta primeira semana de lançamento, a relação de apps disponíveis de graça inclui os games Angry Birds Seasons, Cut the Rope e o app de rádios TuneIn Radio Pro.

Para baixar os aplicativos da loja, os usuários precisam primeiramente acessar o site oficial da Amazon Appstore e então baixar o seu aplicativo oficial.

 

Via: IDGNow

Mozilla dobra arrecadação, e 90% das receitas vêm do Google


A Mozilla divulgou o balanço financeiro do ano de 2012, com algumas surpresas. A entidade, que não tem fins lucrativos, arrecadou US$ 311 milhões, quase o dobro do conquistado em 2011, quando o valor era de US$ 163 milhões.

Muito desse valor se deve ao Google. Exatamente. A empresa que desenvolve o concorrente Chrome é a principal responsável por encher os cofres da criadora do Firefox. Cerca de 90% do montante arrecadado pela Mozilla partiu da empresa de buscas.

Isso se deve ao acordo que as duas empresas mantém para utilização do motor de buscas do Google. O contrato foi renovado no fim de 2011, com duração até 2014 e, ao contrário da lógica de mercado, aparentemente o Google está pagando mais pelo uso de seu sistema no Firefox.

Existem dois possíveis motivos, apontados pela PCPro, para o aumento no repasse. O primeiro é que o Firefox tem direcionado mais buscas para o Google. Basta lembrar que a página inicial do navegador agora é uma grande barra de buscas do concorrente.

Outra alternativa é que o Google não quer abrir espaço para que outro concorrente tome este espaço, principalmente o Bing. Para isso, a empresa estaria disposta a abrir mais os cofres para não perder o espaço nobre no segundo navegador mais popular do mercado.

A Mozilla, no entanto, não confirma os motivos pelo qual o repasse do Google aumentou devido ao contrato de sigilo mantido entre as duas empresas.  

 

Via: Olhardigital

Microsoft vs Google: A Microsoft cria campanha contra o google.

As vezes é bom ficarmos observando o que rola entre as grandes potências da tecnologia, e uma das coisas que eu gosto mais é a briga entre elas, exemplo disso a Microsoft resolveu partir pro ataque e dessa vez a vítima foi outra gigante a Google. E isso é bom porque não afeta os usuários que por sua vez só assistem de camarote o duelo entre as gigantes…

Microsoft contra o Google

 

A empresa agora vende produtos, canecas, camisetas, bonés e outros com estampas e frases de chacota e até acusações contra o Google como a caneca da imagem acima com a frase irônica ” Fique calmo enquanto nós roubamos os seus dados”.
A Microsoft é conhecida em atacar seus maiores concorrentes de forma, direta e muitas vezes, desleal. Vamos ver o que vai vir aí nos próximos capítulos de série…

Google Street View agora permite passear pelas gôndolas de Veneza

Cidade italiana é mais nova adição do serviço de mapeamento da empresa de Mountain View. Trabalho de captura de imagens demorou 2 meses e exigiu uso de mochilas.
 

Para quem não conseguiu viajar neste feriado, pode ser uma boa conhecer os famosos canais de Veneza diretamente do seu computador por meio do serviço Google Street View, que acaba de adicionar a cidade italiana em sua já extensa lista de destinos virtuais.

O serviço de mapeamento da gigante de buscas liberou nesta semana uma visualização bastante completa da conhecida cidade, permitindo aos usuários visitarem pontos locais bastante conhecidos, como a Piazza San Marco e a Basílica de São Marcos.

O trabalho todo de captação de imagens na cidade levou cerca de dois meses e, como já está se tornando cada vez mais comum, o Google usou mochilas especiais para registrar as imagens das ruas estreitas e das pontes de Veneza, além das famosas e românticas gôndolas pelos canais da cidade.

venezastreetview01.jpg

Uma página especial criada pelo Google permite ao usuário navegar por mais de 400 km de imagens a pé e outros 180 km de imagens feitas a barco em Veneza.

Anteriormente, a gigante de buscas já mapeou outros pontos turísticos de difícil acesso, como o Monte Fuji, Galápagos e os rios da Amazônia.

 

Via: IDGNow