Microsoft vs Google: A Microsoft cria campanha contra o google.

As vezes é bom ficarmos observando o que rola entre as grandes potências da tecnologia, e uma das coisas que eu gosto mais é a briga entre elas, exemplo disso a Microsoft resolveu partir pro ataque e dessa vez a vítima foi outra gigante a Google. E isso é bom porque não afeta os usuários que por sua vez só assistem de camarote o duelo entre as gigantes…

Microsoft contra o Google

 

A empresa agora vende produtos, canecas, camisetas, bonés e outros com estampas e frases de chacota e até acusações contra o Google como a caneca da imagem acima com a frase irônica ” Fique calmo enquanto nós roubamos os seus dados”.
A Microsoft é conhecida em atacar seus maiores concorrentes de forma, direta e muitas vezes, desleal. Vamos ver o que vai vir aí nos próximos capítulos de série…

Microsoft cria quartel general futurístico para combater crimes virtuais

A Microsoft inaugurou um novo centro de tecnologia destinado a combater crimes virtuais. Contando com especialistas técnicos e jurídicos, o local conta com design futurista para identificar ataques, denunciar novos malwares e inibir o avanço da pedofilia na Internet.

Microsoft cria centro futurístico para combater botnets e malwares pelo mundo (Foto: Reprodução/The Next Web)
Microsoft cria centro futurístico para combater botnets e malwares pelo mundo (Foto: Reprodução/The Next Web)

Localizado no campus da Microsoft, na cidade de Redmond, em Washington, o novo centro de combate a crimes virtuais conta com recursos de hardware e software que detecta e neutraliza ataques de hackers. O edifício pode abrigar os melhores especialistas com experiência para combater ameaças digitais como malware, botnets, exploração infantil e todos os tipos de crimes virtuais.

Especialistas conseguem identificar e denunciar ataques de botnets e malwares (Foto: Reprodução/The Next Web)Especialistas conseguem identificar e denunciar ataques de botnets e malwares (Foto: Reprodução/The Next Web)

O espaço está equipado com todo tipo de recurso de harware e de software destinados aos crimes digitais. Através de um sistema de SitePrint, os profissionais podem mapear redes organizadas de crime online e identificar a exploração infantil na Internet com a análise PhotoDNA. Além disso, há outro sistema para derrubar redes botnets.

Segundo a Microsoft, a estrutura também pode acomodar especialistas de outras áreas que desejam trabalhar na instalação e colaborar com os esforços da companhia.

Em vídeo oficial da companhia (em inglês), a empresa mostra alguns números surpreendentes dos crimes virtuais.

Via: techtudo

Em entrevista, Ballmer diz que conselho da Microsoft indiretamente apressou sua saída

steve-ballmer

Ainda que Steve Ballmer tenha deixado um legado de altos e baixos na Microsft nestes 13 anos que serviu como seu CEO, para o conselho administrativo o ritmo em que ele conduz as mudanças não é dos mais rápidos. Em entrevista ao Wall Street Journal Ballmer diz que a ânsia dos diretores por mudanças é veloz demais para o seu ritmo de trabalho, e por causa disso ele não poderia continuar capitaneando a empresa sem entregar tudo o que eles querem.

Ainda que pareça sincronizado demais para não ser o motivo principal, o prejuízo de US$ 900 milhões que o Surface RT deu à Microsoft é apenas um dos fatores. Os problemas começaram quanto o conselho começou a pressionar para que o plano de reestruturação da Microsoft idealizado por Ballmer fossse posto em prática o mais rápido possível. A intenção seria tornar a empresa mais competitiva, de modo a concorrer pau a pau com Apple e Google no mercado de smartphones. Durante um encontro com os diretores, enquanto ele explicava o plano o líder do conselho de administração John Thompson o interrompeu, dizendo “ei cara, anda logo com isso. Estamos parados no tempo”.

Em entrevista ao jornal, Thompson disse que “o conselho não o pressionou a sair, apenas para andar mais rápido com as mudanças”.

Entretanto a velocidade do conselho e a de Ballmer não estão em sintonia, e segundo o CEO eles não chegarão a um acordo. Ele inclusive tentou deixar a empresa mais colaborativa: anteriormente ele contatava os chefes de unidade individualmente, e em 2013 passou a promover encontros em seu escritório, de modo a tornar o desenvolvimento mais orgânico. Mas nada que fizesse parecia agradar o conselho. Isso fez Ballmer chegar à conclusão que talvez ele seja o problema e sair para dar lugar a um CEO mais ágil talvez seja o melhor para a Microsoft, ainda que o faça com dor no coração:

Talvez eu seja o símbolo de uma era antiga, e eu tenha que sair. (…) Apesar de amar o que eu faço, a melhor alternativa para a Microsoft entrar numa nova era pode ser um novo líder, que acelere as mudanças.

Resta saber quem vai assumir a cadeira. Entre os mais cotados estão Alan Mulally da Ford e os internos Tony Bates, Satya Nadella e Stephen Elop, este último motivo de preocupação após suas ideias mirabolantes virem à tona.

Via: meiobit

Microsoft admite que seus servidores são vulneráveis a espionagem

NSA

Um executivo da Microsoft afirmou a um comitê do parlamento europeu que a companhia não criptografa os dados de comunicação entre seus servidores, levantando ainda mais preocupações sobre a espionagem da NSA às empresas de tecnologia. 

A falta de criptografia entre a comunicação dos servidores permite que os dados sejam hackeados pela agência americana NSA, protagonista da espionagem digital que vem manchando a imagem do governo dos Estados Unidos frente aos outros países e empresas de tecnologia.

Segundo a Wired, Dorothee Belz, vice-presidente jurídico da Microsoft, afirmou que a comunicação entre os servidores da companhia é criptografada e que por este motivo a empresa passou a revisar seu sistema de segurança. 

A preocupação faz coro aos documentos vazados por Edward Snowden e que mostraram como a NSA conseguiu acesso aos data centers do Google, Yahoo e da própria Microsoft

Após os vazamentos, o Google afirmou que implementou um novo esquema de segurança para seus servidores. Mas a Microsoft ainda não informou como e quando pretende modificar seu sistema de criptografia para os dados.

Via: infoabril

Microsoft cria anime para divulgar a nova versão do Internet Explorer

Não importa o que você acha dos produtos deles, há um segmento onde a Microsoft, sem dúvida, comanda: a publicidade. O bizarro (e maravilhoso) anime que a Microsoft criou para o Internet Explorer – se enquadra nessa categoria.

Conheça Inori Aizawa, a “personificação anime” do Internet Explorer. Inori tem sua própria página no Facebook, que apareceu no final de outubro, durante a conferência AFA13 em Cingapura. A screencap do anime é creditada a “Zi Rong e Team CACANi”.

“Quando eu era jovem, eu costumava ser desajeitada, lenta e estranha”, diz Aizawa. “No entanto, como na história do patinho feio, as pessoas me disseram que eu realmente amadureci e mudei ao longo dos anos. Sinto-me confiante com minhas habilidades agora, e eu estou ansiosa para mostrar o que eu posso fazer.”

A série de publicidade produtiva da Microsoft provavelmente começou no início deste ano, com o anúncio do Surface 2 renovado, juntamente com o do Windows Phone.

“O personagem de anime foi criado pela Microsoft Cingapura para o Anime Festival Asia (AFA) 2013”, disse a Microsoft em um comunicado enviado por email. “Este é um programa de marketing local para os amantes de anime e da cultura popular japonesa na AFA 2013 e em toda a Ásia e não representa uma mascote oficial para o Internet Explorer.”

Naturalmente, a página do Facebook esconde algumas “surpresas”, como esta pasta do SkyDrive, que contém um fundo de tela para download para os fãs da Inori.

Mas o verdadeiro presente é o vídeo incorporado do YouTube do anime, onde a jovem Inori luta contra o que parecem ser robôs gigantes cromados. Você provavelmente encontrará homenagens a vários animes diferentes – como a série Sailor Moon (os fãs de animes, por favor, perdõem a nossa ignorância).

Na quinta-feira (7), a Microsoft liberou o Internet Explorer 11 para o Windows 7 – que oferece uma melhoria de desempenho de 9% em relação ao IE10, que a Microsoft afirma ser cerca de 30% mais rápido que os navegadores concorrentes.

O IE11 vem com o novo compilador Java, projetado para melhorar o desempenho de sites reais, além de suporte para diferentes componentes do padrão ECMAScript6. E depois há a nova colaboração em tempo-real que a Microsoft adicionou ao seu Office Web Apps.

Mas esqueça tudo isso. Esse anime é a melhor coisa que a Microsoft lançou hoje. Confira.

 

Via: idgnow

Microsoft lança Internet Explorer 11 para Windows 7

Empresa vai iniciar em breve atualização automática do navegador para os usuários do sistema.

A Microsoft lançou nesta quinta-feira, 7/11, o navegador Internet Explorer 11 (IE11) para o Windows 7, e anunciou que vai começar a liberar o novo browser em breve para os usuários como uma atualização automática.

Há cerca de três semanas, a Microsoft sinalizou que a chegada do IE11 era iminente quando liberou um toolkit de bloqueio para departamentos de TI de empresas que queriam banir o browser dos seus desktops.

“Vamos começar a atualizar automaticamente os usuários do Windows 7 para o IE11 nas próximas semanas, começando hoje com os consumidores que estão rodando o IE11 Developer e Release Previews”, afirmaram os gerentes de programação do IE, Rob Mauceri e Sandeep Singhal.

O upgrade automático no Windows 7 a partir do IE10 deve aumentar rapidamente a fatia de usuários do IE11.

Via: idgnow