Fãs do Winamp pedem código-fonte para mantê-lo vivo


Mais de 21 mil pessoas já assinaram o documento online contra a descontinuação do tocador de músicas Winamp, marcada para 20 de dezembro. Caso a AOL mantenha a decisão de encerrar o serviço, os fãs pedem ao menos que seja disponibilizado o código-fonte da plataforma para torná-la aberta e manter seu uso ativo.
A petição precisa ainda de 3,7 mil assinaturas para alcançar a meta e ser endereçada à AOL, que comprou o serviço juntamente com a desenvolvedora Nullsoft, em 1999, por US$ 80 milhões. Para Rob Lord, um dos responsáveis pelo crescimento do software no início, o declínio pode ter se dado pelo péssimo gerenciamento após a fusão.
“Não há motivos pelos quais o Winamp não pudesse estar na posição em que o iTunes está hoje, além de algumas camadas de mau-gerenciamento da AOL após a aquisição”, afirmou ele em entrevista à Ars Technica.
O Winamp fez sucesso num tempo longínquo da internet ao lado de softwares populares na década de 1990 e início dos anos 2000 como ICQ, mIRC e Netscape e Napster. 

 

Via: olhardigital

Anúncios

Dica: como limpar a memória do PC

Feriado é sempre bom mas, o termo “técnico em informática” persegue você nos momentos, mais importunos que você se encontre… Principalmente aqueles computadores que tem fama de serem chatos de consertar aquele que tudo que na teoria é simples nele é complicado ao extremo. E hoje eu resolvi tirar meio dia de folga… resolvi e à piscina, só que no meio do caminho esqueci desligar o celular porque hoje era meu dia de folga, aí liga um cliente que já faz serviço comigo há um bom tempo, e ele falou que o seu pc não tava ligando e estava ouvindo os bips, então hoje vamos aprender a limpar a memória RAM do PC!

A memória RAM exerce influência de forma indireta na velocidade de desempenho do processador pois, é ela quem armazena as informações dos programas abertos em endereço para que eles sejam acessados mais rápida e isso requer, uma memória bem conservada.

Se ela estiver, sobrecarregada com endereços ou se você tiver uma pequena quantidade dela instalada em seu micro, e informações do HD ter que ser transferida para CD, DVD,, pendrivers ou hd externo. Para a memória RAM quando estiverem em uso, tomarão muito tempo nesse processo.

Então quanto mais memória instalada mais instruções, poderão ser armazenadas e programas maiores poderão ser executados de forma mais rápida.

Sinais de que a memória RAM está insuficiente começam a aparecer quando programas que requerem recursos gráficos começam a ficar lentos para carregar e – depois de certo tempo em uso – até mesmo aplicativos leves demoram muito mais e ocupam mais processamento.

Quando você recebe um aviso do sistema operacional indicando “Memória Insuficiente” ou “Memória Virtual Insuficiente”, este se deve ao fato de um programa que teve solicitada a abertura e ele não “caber” na memória RAM. Você pode “limpar” sua memória RAM e aumentar o desempenho do computador de forma bem simples, utilizando software que poderão te auxiliar para deixar sua memória, bem conservada.

E hoje vamos mostrar alguns software que podem ser úteis para você:

Memory Improve Master Free

  1. Pré-requisitos

    • Conexão com a internet para o download;
    • Programa Memory Improve Master Free;

    Baixar o programa

    Começando a limpeza!

    O Memory Improve Master Free é um programa cujo objetivo é  limpar endereços da memória RAM que não estejam mais sendo utilizados pelo computador, com o intuito de deixar a máquina mais rápida. A interface do programa é composta por cinco abas contendo funcionalidades agrupadas em categorias, facilitando sua visualização.

    A primeira delas chama-se “Information Overview” (Resumo de Informações). Ao iniciar o programa, é recomendado que você a acesse de forma a verificar o estado de seu computador. Nesta aba há um gráfico mostrando a taxa de utilização da Memória RAM, memória Virtual e CPU. Logo abaixo você observa essas informações também na forma de percentual.

    Visão geral de informações.

    Na parte inferior da janela do programa, ele mostra o estado geral do computador. Os níveis do estado indicam quanto de memória está em uso no computador. “Great” indica uso entre 0% e 30%, “Good” entre 30% e 60%, “Medium” entre 60% e 80% e “Bad” entre 80% e 100%.

    Ao lado do estado, há uma recomendação para utilização do programa. Por exemplo, ele pode informar que o estado está bom, pois há memória suficiente para rodar aplicações, porém não muitas e recomenda que se libere espaço quando necessário (como na tela abaixo).

    Ao lado direito, há a opção de limpeza “Fast Free!” (Liberar Rapidamente), representada pelo botão “Free” (Liberar). Esta função serve para verificar programas que, mesmo “fora de uso” estejam consumindo memória, e assim efetuar a limpeza dela. Feito isso, o programa exibe (quase instantaneamente) os resultados, a partir do ícone do programa na Bandeja do sistema (“systray”).

    Existe, ainda, uma segunda opção nessa mesma aba para liberar mais espaço na sua memória, o botão “Compress” (Comprimir). Os parâmetros para a compressão (percentual e nível) podem ser modificados clicando na seta logo ao lado do botão. É recomendado utilizar esta função somente quando o consumo de memória for tão grande que seja necessário comprimir o uso de alguns programas para liberar espaço nela.

    Otimização de memória

    Na segunda aba, “Memory Optimization” (Otimização de memória) você encontra opções para melhorar as condições do uso da memória pelo computador. Na parte superior desta guia, você encontra as funções “Fast Free” e “Compress” (porém aqui exibido em forma de número e não percentual) que funcionam exatamente da mesma forma como foi explicado no tópico anterior.

    Liberar espaço e comprimir.

    O programa também oferece formas para que você não precise ficar se preocupando em efetuar a limpeza, deixando o trabalho agendado. Para isso, basta selecionar a opção “Auto free memory” (Liberar memória automaticamente) (1) e definir o intervalo de tempo na barra de rolagem logo abaixo da opção (2).

    Opções de automação.Você pode definir regras, que no programa aparecem na forma de listas. Estas armazenam uma lista de processos, definindo a forma como a memória será otimizada ou distribuída quando eles estiverem em execução (3).

    Você possui quatro opções de lista: “White List” (Lista Branca) que encarrega-se de processos que não possuem limite do uso de memória enquanto estiverem rodando. “Black List” (Lista Negra), ao contrário da anterior, faz com que os processos listados parem de ocupar a memória para dar espaço para outros (que não estejam na “Black List”).

    “Smart List” (Lista Inteligente), é uma espécie de “Lista Branca Inteligente”. Ela é gerada automaticamente pelo programa, analisa os aplicativos utilizados constantemente pelo usuário e os adiciona a ela. “Idle List” (Lista de Inativos) que seria o equivalente a uma “Lista Negra Dinâmica”. Sempre que um processo da CPU tiver seu uso igual a zero, ele é acrescentado à esta lista.

    Você pode selecionar apenas um tipo de lista por vez. Clicando no botão “Edit” (4), você pode adicionar processos às listas Branca e Negra (as outras duas são geradas automaticamente e não podem ser editadas pelo usuário).

    Compressão automatizada

    Ao lado direito da opção de limpeza automática, há também como efetuar compressões automaticamente. Para isso, selecione a opção “Auto compress memory” (Comprimir memória automaticamente) (1).

    Compressão automática.Em seguida, você observa três barras de rolagem para definição de parâmetros. De cima para baixo, a primeira delas representa o intervalo de tempo no qual o programa deve inspecionar o espaço ocupado (2).

    A segunda representa o valor mínimo permitido para a memória. (3) Dessa forma, se ela ficar com essa taxa de espaço ou menos, o programa automaticamente ativa a compressão. A terceira define quanto o programa tenta liberar de memória após a taxa definida na opção anterior ser alcançada (4). Abaixo, há uma opção chamada “CPU Protection” (5).

    Quando ela estiver selecionada, o programa não efetua compressão de memória automaticamente se o uso da CPU exceder o percentual especificado na barra de rolagem abaixo da opção (6). O botão “Recommend” (Recomendado) carrega as configurações que o programa considera melhores por padrão.

    System Tuneup: melhor desempenho

    Esta aba permite que você melhore o desempenho alterando configurações padrão do Windows. ATENÇÃO: não é recomendado efetuar alterações nesta aba caso não tenha conhecimento algum sobre elas e seu impacto no computador.

    Ao lado esquerdo da janela do programa são mostradas as configurações relacionadas à performance da memória. A primeira opção “Adjust Windows Visual Effects” (Ajustar Efeitos Visuais do Windows) (1), permite que você altere opções de efeitos visuais do Windows para melhorar o desempenho. Há cinco níveis disponíveis para escolha: deixar que o Windows selecione o melhor para o computador, melhorar aparência, melhorar desempenho, personalizado e equilibrar performance entre aparência e desempenho.Configurações de desempenho.

    A segunda opção “Adjust to Allocate Processor Time” (Ajustar para alocar prioridades do processador) (2) permite definir para quais processos o processador deve dar prioridade. Há três níveis possíveis: deixar que o Windows selecione o melhor para o computador, alocar mais do processador para aplicações e alocar mais do processador para serviços em segundo plano.

    Logo abaixo, você pode selecionar três opções (3). A “Additional Worker Threads”, na qual, de certa forma, o programa tenta manter mais threads tentando gerenciar a memória. Já “Optimize NTFS’s performance” que busca melhorar desempenho em partições NTFS e “Enable UDMA66 mode” habilita o padrão de interface de mesmo nome, permitindo transferências de até 66 megabytes por segundo.

    Ao lado direito da janela do programa são mostradas as configurações relacionadas ao cache (4). Aqui há a opção de utilizar um sistema de cache maior (“Use large System cache”). “Disable paging executive data” faz com que seções da memória RAM não sejam enviadas para o disco rígido. E “Always Unload DLLs” faz com que DLLs que não estejam em uso sejam “descarregadas” da memória.

    Abaixo, uma barra de rolagem permite ajustar a quantidade máxima de cache utilizada para ícones. (5) Você pode ajustar para a quantidade máxima desejada. O botão “Recommend” (Recomendado) carrega as configurações que o programa considera melhores por padrão.

    Gerenciador de processos

    A aba “Processes Management” (Gerenciamento de Processos), assim como no Gerenciador do Windows, exibe todas as aplicações em execução no computador. Além disso, ele mostra a quantidade de memória RAM ocupada por cada programa.

    Gerenciamento de processos.

    O botão “Refresh List” faz com que a lista de processos seja atualizada. Você pode definir o intervalo de tempo entre atualizações automáticas da lista na barra de rolagem ao lado da opção. Para parar um processo, basta selecioná-lo e clicar em “Terminate” (Finalizar). É possível liberar a memória utilizada por um programa selecionando ele na lista e clicando em “Free Memory” (Liberar memória).

    Opções de configuração

    A última guia do programa “Configuration Settings” (Opções de Configuração) oferece pequenas funções que permitem personalizações. Selecionando “Autorun on Windows Startup” faz com que o aplicativo inicialize juntamente com o Windows. Em seguida, você pode escolher que o programa efetue sua função quando o computador estiver inativo (“Optimize memory once when CPU is idle”) ou definir um intervalo de tempo para que ele faça a limpeza – função encontrada na barra de rolagem após a opção “Optimize memory once after”.

    Opções de configuração.

    As opções seguintes: “Show notify icon in System tray”, faz com que o ícone do programa seja mostrado na Bandeja do sistema (“Systray”). “Show notifications in System tray” permite que as mensagens do programa sejam exibidas a partir do ícone do aplicativo.

    Caso você queira definir um atalho de teclado para a limpeza da memória, selecione a opção “Use ‘Free Memory Now’ hot key” e defina o atalho digitando-o no campo disponível. As outras duas funções servem para definir o intervalo de tempo para atualização dos gráficos demonstrativos de uso da memória e lista de processos respectivamente.

    O botão “Wizard” serve para guiar usuários inexperientes a definir parâmetros e efetuar configurações de uso para o programa. Ao ativá-lo, você visualiza um tutorial passo a passo que o ajuda a configurar as opções do programa (previamente explicadas neste tutorial), de forma a aproveitá-lo ao máximo.

    CCleaner

    4.07.4369 Em Português

    Remova os arquivos desnecessários do PC para ganhar desempenho e espaço em disco Agora otimizado para Windows 8

    Imagem

    CCleaner é uma das soluções mais poderosas e eficazes para efetuar a limpeza completa no PC, apagando arquivos desnecessários do disco de armazenamento.

    Nosso computador possui uma série de arquivos que são registrados diariamente para armazenar informações de sistema, cookies de navegação, registros de programas instalados e desinstalados, dados de backup, históricos de mensageiros instantâneos, entre outros.

    Portanto, é provável que uma hora ou outra o computador fique lento e demore para iniciar ou carregar seus softwares prediletos. Este limpador pode ajudar a melhorar o desempenho da sua máquina removendo arquivos inúteis e organizando ou recuperando aqueles que ainda podem ser aproveitados pelo SO.

    Além disso, ele elimina os pacotes que armazenam as atividades realizadas durante a navegação pela web, o que dá a você maior privacidade ao explorar a internet. E então? Está esperando o que para deixar o seu computador nos trinques com este software gratuito, em português e completamente compatível com o Windows 8?

    Atenção na instalação

    Durante a instalação do CCleaner, você precisa ficar atento. Isso porque o programa oferece e instala por padrão uma barra de ferramentas adicional para o Internet Explorer.

    Embora esse recurso possa facilitar o acesso a algumas das ferramentas oferecidas pelo aplicativo, ele não possui qualquer relação com o seu funcionamento básico. Por isso, caso você não queira que tal barra complementar seja instalada, lembre-se de desmarcar a caixa de seleção referente a ela.

    Faxina completa

    O CCleaner tem como função principal a eliminação de conteúdos desnecessários que são mantidos pelo próprio sistema operacional. No tocante à limpeza do PC, o programa possui duas vertentes: uma voltada para faxinar os recursos do Windows e outra para a remoção da sujeira mantida por outros softwares.

    Ele varre o disco de armazenamento em busca de diversos tipos de arquivos inúteis, incluindo o lixo existente no Internet Explorer (principalmente quando mantido o histórico de navegação), no Windows Explorer, na Lixeira e na Área de transferência.

    Além disso, o aplicativo é capaz de restaurar algumas das configurações-padrão do sistema, como a posição de ícones e atalhos do Menu Iniciar e a dimensão das janelas. Sem dúvida, a melhora proporcionada pelo CCleaner é perceptível, principalmente em máquinas que nunca sofreram uma faxina dessa magnitude.

    Manutenção dos demais programas

    O programa também possui ferramentas para a manutenção dos demais softwares instalados no computador. O seu algoritmo inteligente identifica a maioria dos softwares implementados e consegue eliminar os restos de arquivos de todas as aplicações encontradas.

    A compatibilidade do CCleaner é enorme, incluindo aplicativos de todos os gêneros — como editores de imagem ou vídeo, mensageiros instantâneos, processadores de texto, compactadores de arquivos, gerenciadores de downloads e navegadores.

    No tocante aos browsers, a manutenção dos cookies é feita de forma inteligente, evitando que você perca as preferências relacionadas a perfis de sites, senhas, logins e muitas outras informações importantes armazenadas desta forma. Mais do que isso, você é capaz de gerenciar os plugins instalados no seu navegador.

    Colocando ordem nos registros

    O Registro do Windows é um dos principais fatores que ditam o desempenho do computador. Por isso, é indispensável a realização de manutenções periódicas, visando manter o sistema estável e rápido.

    Porém, por ser uma parte delicada do computador, muitos usuários temem efetuar modificações nele, pois a simples alteração de um valor poderia até mesmo inutilizar o PC. O CCleaner é também um dos softwares mais seguros para a remoção de entradas inválidas nessa funcionalidade do SO — sempre preservando a funcionalidade dos programas e do sistema como um todo.

    Caixa de ferramentas

    E isso não é tudo. O CCleaner traz, de quebra, quatro ferramentas para você aprimorar ainda mais o desempenho da sua máquina. Elas permitem que você elimine por completo qualquer programa instalado no PC, escolha quais softwares podem ser iniciados com o sistema, restaure o Windows para uma configuração válida e funcional e exclua qualquer traço de utilização de um disco.

    Dica: para uma melhor eficácia desse último recurso mencionado, execute todos os métodos de limpeza disponíveis no programa e desinstale os softwares que você não deseja mais em sua máquina antes de efetuar a eliminação de rastros com o Limpador de Dispositivos. Dessa forma, os dados recém-apagados também serão sobrescritos pela ferramenta.

    As novidades

    Leves retoques no visual

    A cara do CCleaner continua a mesma. Em sua última atualização, o programa não teve modificações relevantes em sua interface. A estrutura e a organização dos seus menus e funcionalidades foram mantidas, bem como todo o seu tradicional esquema de cores.

    No tocante à sua parte visual, apenas os ícones tiveram reformulações simples, as quais consistem basicamente na troca das texturas das imagens utilizadas para ilustrar os recursos oferecidos.

    Localizar e destruir

    A principal novidade da mais recente versão do CCleaner é a ferramenta para localização e eliminação de arquivos duplicados. Ela está localizada na seção “Ferramentas” e pode ser acionada com um simples clique com o botão esquerdo do mouse.

    Você pode filtrar a pesquisa por nome, tamanho e data de modificação dos arquivos. Além disso, é possível ignorar determinados tipos de conteúdo — como documentos de somente leitura, ocultos, com zero byte ou que estejam relacionados com o funcionamento do sistema operacional.

    Por fim, você pode escolher quais discos de armazenamento devem ser verificados por completo ou adicionar pastas específicas para serem escaneadas. Tudo isso facilita a filtragem das buscas.

    Aprimoramentos diversos

    Como de praxe na atualização de qualquer programa, o CCleaner teve uma série de pequenos bugs corrigidos. Fora isso, o limpador ainda recebeu melhorias no algoritmo de detecção de softwares iniciados com o Windows, na arquitetura da função de limpeza do SO e no seu desempenho tanto de varredura como de exclusão de conteúdos.

    O programa também passou a ter suporte para analisar e eliminar arquivos desnecessários gerados pelo Avast! AntivirusAdobe PhotoshopSamsung KiesRealPlayer.

     

    MemoryCleaner

    1.60

    Limpe a memória RAM de seu PC e evite que ele seja sobrecarregado inutilmente

    Imagem

    O MemoryCleaner informa o quanto de memória está em uso (inclusive dados de arquivos de paginação e memória virtual) e possui ferramentas para limpar a memória de arquivos inúteis e para melhorar o desempenho do computador. Para isso, o programa corta o conjunto de trabalho de um aplicativo e limpa a memória cache do sistema, sem restrições.

    A memória RAM exerce influência de forma indireta sobre a velocidade de desempenho do processador instalado em seu computador, pois é ela quem armazena as informações de programas abertos em endereços para que sejam acessados de forma mais rápida.

    Se ela estiver muito ocupada com endereços de programas ou estiver em uma quantidade muito pequena, tais informações serão transferidas do disco rígido, CD, Zip disk, pendrive etc. para a memória RAM quando estiverem em uso, tomando mais tempo nesse processo de carregar informações.

    Dessa forma, quanto maior a quantidade de memória RAM livre, mais instruções podem ser armazenadas e programas maiores poderão ser carregados de uma só vez e em menos tempo. O MemoryCleaner foi desenvolvido para auxiliá-lo na tarefa de liberar memória do computador.

    Interface e informações

    Não há segredo para usar o MemoryCleaner, pois ele conta com uma interface minimalista e simples. As informações representadas na tela do programa são compostas por uma barra ilustrando o consumo atual da memória. Quanto mais preenchida ela estiver, mais RAM está sendo ocupada em seu computador.

    Tudo detalhado

    Logo abaixo da barra, estão dispostos os dados de tamanho e porcentagem em uso da memória, arquivo de paginação e memória virtual. Além disso, o programa também fornece uma estimativa do uso mínimo, máximo e médio. Os valores exibidos de uso máximo, mínimo e médio são reais, e não se tratam de cálculos aproximados. Assim, tem-se a noção exata de como a memória está carregada.

    Limpando a memória

    No canto inferior direito, em “Tasks”, estão os dois botões que oferecem as funções desempenhadas pelo MemoryCleaner: “Trim Processes’ Working Set” e “Clear System Cache”. O primeiro apaga a memória já utilizada e que não é mais necessária para os aplicativos que a estiveram ocupando; o segundo apaga a memória cache do sistema. Tudo o que você tem a fazer é clicar nesses botões e conferir a redução imediatamente.

    É possível limpar a memória sem mesmo executar a interface do MemoryCleaner. Para isso, dê um clique com o botão direito do mouse no ícone do programa presente na Bandeja do sistema (systray) para acionar seu menu de contexto. Em seguida, basta escolher uma das duas opções.

    *baixaki

    *tecmundo

     

 

 

 

 

MemoryCleaner

1.60

Limpe a memória RAM de seu PC e evite que ele seja sobrecarregado inutilmente